Encenação de Natal

  1. Roteiro e falas
  2. Personagens
  3. Cenário
  4. Objetos de cena
  5. Figurinos
  6. Efeitos especiais
  7. Roteiro p/ contra regras do som
1 – Roteiro e falas
MÚSICA 1 de abertura, ao fundo: suave, tocada com violino, violão ou flauta, enquanto caminham pelos corredores, até cada ponto previamente escolhido para a realização das cenas.

 

JOSÈ – Chegamos a Belém! A primeira coisa que vou fazer é procurar um local para ficarmos.

MARIA – Deve ser fácil conseguir, porque todos vão logo ver que eu estou grávida e o quanto eu preciso descansar desta viajem tão longa e difícil!

JOSÉ – (Bate na primeira porta) Por favor, precisamos de um lugar…

CASA 1 – Não temos, está tudo cheio…

JOSÉ – (Bate na segunda porta) Podemos entrar?  Minha esposa está muito cansada, por favor, diga que sim…

CASA 2 – Não, não, vá procurar mais adiante, aqui não cabe mais ninguém!

JOSÉ – (Bate na terceira porta) Em nome do bom Deus, minha esposa precisa…

CASA 3 – Nem adianta pedir, a resposta é NÃO TEMOS LUGAR, nem para vocês, nem para ninguém!

GRUTA 1 e 2  – (Gruta1 e Gruta 2 ,vão mais adiante e abrem o painel que representa a gruta, e colocam a manjedoura em frente, no centro. Ficam cada um com uma lanterna preparada para acender, piscando, quando o Menino Jesus nascer).

MARIA  – Deixa, José, o bom Deus vai nos ajudar a achar algum cantinho, nem que seja uma gruta…

JOSÉ – Boa ideia, vamos procurar… Aqui tem muitas…  (José, junto com Maria, procura  e acha  um local)

JOSÉ – Aqui, Maria, tem uma gruta, mas tem animais dentro…

MARIA – Pode ser, não tem problema, eles ajudarão a nos dar calor, porque aqui fora está muito,muito frio!

MÚSICA 2    “Noite Feliz”, na hora em que nasce Jesus.

JOSÉ e MARIA – (Os dois se ajeitam na gruta, José ajuda Maria a se sentar,e a cobre com seu manto.Sai para procurar lenha para fazer uma fogueira. Volta rápido quando ouve um chorinho de criançaMaria já está com seu filhinho no colo, enrolando-o com faixas. Colocam   Jesus na manjedoura, e se ajoelham para adorá-lo.)

ANJO  – (O Anjo se coloca ao lado direito da gruta) Glória a Deus nas alturas e paz na Terra aos homens de boa vontade !

PASTORES 1 e 2 – (Os pastores se colocam do lado esquerdo da gruta, um em pé com uma ovelha no colo e o outro ajoelhado, com o chapéu na mão)

NARRADOR – Eis que chegam do Oriente distante alguns sábios que, estudando as estrelas e as profecias,  descobriram que devia ter nascido o Messias prometido para salvar o mundo e resolveram visitá-lo.

MELCHIOR – Lá está a Estrela que viemos seguindo!

GASPAR – Ela parou sobre aquela  gruta…Com certeza é ali!

BALTAZAR – Vamos até lá adorar o Salvador que estava para chegar!

MELCHIOR – Ele é o Rei dos Reis, por isso eu lhe trouxe OURO de presente! (Ajoelha-se e dá o presente)

GASPAR – Ele é o Filho de Deus, por isso eu lhe trouxe INCENSO! (Ajoelha-se e dá o presente)

BALTAZAR – Ele também é humano,por isso eu lhe trouxe MIRRA! (Ajoelha-se e dá o presente)

NARRADOR – A visita dos Reis Magos veio para mostrar que JESUS veio para salvar não só o povo judeu, mas sim toda a humanidade,através do seu grande AMOR.

MÚSICA 3  – FINAL

 

2- PERSONAGENS
JOSÉ
MARIA
DONOS DA PRIMEIRA CASA
DONOS DA SEGUNDA CASA
DONOS DA TERCEIRA CASA
ANJO
PASTOR 1
PASTOR 2
GRUTA 1
GRUTA 2
NARRADOR
MELCHIOR
GASPAR
BALTAZAR

 

3 – CENÁRIO
  • Uma painel pintado, com um arco simbolizando a gruta e um boizinho e um burrinho pintados deitados, olhando para a frente, bem no centro da pintura de tal forma que, ao se posicionarem José e Maria, não fiquem encobertos.
  • Uma estrela posicionada sobre a gruta.
Obs.: Como esta encenação está programada para ser repetida diversas vezes, percorrendo os corredores de um hospital, seria interessante que este painel fosse realizado em um tecido forte, tipo brim cru, e reforçado com duas varetas de madeira coladas uma na parte de cima e a outra na parte de baixo. Ao caminharem para a próxima apresentação, o painel deverá ser enrolado para  facilitar o transporte.

 

4 – OBJETOS DE CENA
  • Duas lanternas, ou algum tipo de luminária  que funcione a pilhas, para iluminar e dar destaque à cena logo após o nascimento de Jesus.Se possível, ser do tipo que troca de cores, e pisca, pois chamaria mais a atenção no caso da apresentação acontecer no período diurno.
  • Um banquinho desmontável do tipo que ao abrir fica com as pernas em forma de x , para servir de manjedoura. Deve ser leve, para facilitar ser transportado mais discretamente.
  • Três objetos, em formas e cores diversas,enfeitadas com pedrarias coladas, para representar os presentes dos reis magos : Sugestões:DSC01184 comp
  • Ouro- uma caixa dourada, em formato diferenciado
  • Incenso- uma espécie de garrafinha, de formato exótico, pintada
  • Mirra- um potinho abaulado
  • As tampas devem ser mais altas, bem trabalhadas, para realçar a importância dos presentes.
  • Uma ovelhinha de pano, se possível num tamanho próximo ao natural, para ser carregada no colo de um dos  pastores.
  • Um chapéu de aba, simples, para um dos pastores, de couro, tecido ou feltro. De forma alguma ele pode lembrar chapéu de cowboy, de malandro ou de cangaceiro, pois tiraria a seriedade da representação. Preferível ir sem chapéu. O pastor tirará o chapéu em forma de respeito ao Deus Menino que nasceu, e o fica segurando na mão, ajoelhado em frente à gruta.
  • Um cajado de madeira, que o mesmo pastor segura na outra mão, para ajudar a caracterizá-lo como pastor.
  • Um bebê de plástico em tamanho próximo do natural, de material leve, para facilitar ser escondido, sem roupinhas ,sob as vestes de Maria.
  • Um pano para embrulhar o bebê, ou faixas, como era costume usarem naquele tempo.

 

5 – FIGURINO

O elenco que vai realizar esta apresentação natalina vestirá trajes que representem os que eram usados no tempo de Jesus.. Estes trajes de época podem ser improvisados com o auxílio de lençóis, (tamanho de solteiro), dois por pessoa. Exemplo:

  • Ponha o lençol das costas para a frente por debaixo dos braços, pegue as duas pontas do comprimento do lençol, cruze na frente do peito, e amarre atrás do pescoço, bem firme para não correr o risco de cair durante a apresentação.
  • Sobre a cabeça, coloque um lençol com uma parte (não precisa ser muito larga esta parte) dobrada para dentro. Segure firme, enquanto outra pessoa amarra uma faixa colorida (pode ser enrolada, ou não) na altura do meio da testa, caindo as  pontas para trás. Tudo deve ficar bem firme, para dar segurança ao ator de que não cairá.
  • Após a amarração, faz- se os ajustes necessários, afofando um pouco em cima da cabeça, e colocando as pontas do lençol para  a frente do corpo, para compor bem a figura, e tampar os braços.
  • Usar a criatividade e o bom gosto para escolher as cores. Os lençóis não devem ser estampados, de preferência devem ser de cores neutras, ou cor crua.
  • Já as faixas da cabeça podem ser coloridas, bem variadas.
  • Desejando, pode ser acrescentado um manto colorido, passando debaixo de um dos braços, e amarrado ou preso enviesado sobre um dos ombros. Para este fim é melhor ter tecidos coloridos tipo cetim, para que o ator não sinta muito calor.
  • O traje do anjo deve ser um vestido longo, com mangas, já que ele não usará nada na cabeça. Asas brancas, de preferência. Pode-se confeccioná-las com papelão duro, colando papel crepom recortado em forma de penas, ou usando penas de verdade, de pato. Alças de elástico  ou de arame prendem as asas ao corpo do anjo.
  • O traje de Maria deve ser de cor clara, o manto sobre a cabeça deve ser azul, cor que lembra o céu. Amarrando o lençol como explicado acima, fica fácil esconder e tirar o bebê, rapidamente como é necessário. Pode ser amarrada com elástico uma bolsa, ou fronha na altura abaixo do busto por baixo da roupa, para carregar o bebê.A colocação desta bolsa deve ser de lado, com a abertura para o mesmo lado que ficar a abertura do lençol colocado, de forma a facilitar a retirada e recolocação do bebê, mas sem tirar a forma de barriga de grávida antes da hora do nascimento.Também pode ser colocado um elástico ou tira de pano mais comprido passando pelo pescoço,se a atriz achar mais seguro, para manter a altura certa do acessório.
  • O traje do Menino Jesus é formado simplesmente por algumas faixas que Maria enrola nele, como era costume naquela época.
  • O traje de José deve ter um manto colorido por cima, para que ele possa tirar e cobrir Maria, na hora em que chegam na gruta. A idéia a ser passada é de que ele quer aquecê-la, mas na verdade, vai ser muito útil para ajudá-la a retirar o bebê sem que  ninguém  perceba, e trazê-lo para a frente do corpo, para começar a enrolá-lo nas faixas. Também para ser possível recolocar o bebê de volta, ao terminar a apresentação. Neste momento José , como bom marido, deve ficar posicionado na frente de Maria, ajudando-a nesta difícil tarefa.. Faz de conta que está auxiliando a esposa a se levantar, e tudo se resolve.
  • O traje dos pastores pode ser diferente, mais simples, um tipo de vestido mais curto,
  • abaixo do joelho, cinto de couro, sem nada na cabeça, só um chapéu como explicado nos “Objetos de cena”, que deverá ser tirado na hora de chegar na frente do Menino Jesus.Pode também ter uma bolsa de couro rústico, atravessada no peito.
  • Os trajes dos Reis Magos devem ser diferenciados dos demais, para passar uma idéia de mais riqueza, já que eram reis. Isso pode ser conseguido através de tecidos mais preciosos ou de cores mais vistosas. Na cabeça, as faixas devem ter algo de brilhante, dourado ou prateado.  Algumas correntes douradas penduradas no manto, ou usadas como colares, também são apropriadas. Pode também ter um manto de tecido de seda ou veludo, jogado dos ombros para trás, bem comprido, arrastando no chão. Dá um ar de majestade.
  • Os presentes trazidos por eles, na hora de se aproximarem da gruta, devem ser segurados com as duas mãos, bem à frente do corpo, para destaque maior.

 

6 – Efeitos especiais
Na hora do nascimento do Menino Jesus, é necessário usar algum recurso para ajudar a demonstrar este grande milagre que  acabou de acontecer!  Se a dramatização estivesse
sendo realizada em um palco, seria mais fácil acionar muitos  efeitos  especiais,    como luzes , gelo seco e música. Porém nos corredores de um hospital ficamos limitados a usar lanternas coloridas que piscam, sininhos suaves que repicam baixinho, bem na hora em que ressoa um chorinho de bebê, anunciando que o filho de Deus nasceu.

 

7 – Roteiro p/ contra regras do som
MÚSICA 1 de abertura, ao fundo: suave, tocada com violino, violão ou flauta, enquanto caminham pelos corredores, até cada ponto previamente escolhido para a realização das cenas
MÚSICA 2   Chorinho de criança ao nascer, seguido da música “Noite Feliz”, na hora em que nasce Jesus.

2 ideias sobre “Encenação de Natal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *