História de um Pai muito Bom

  1. Roteiro e falas
  2. Cenário
  3. Personagens
  4. Objetos de cena
  5. Efeitos especiais
  6. Roteiro p/ contra regras do som
  7. Figurinos
1-Roteiro e falas:

 

Música 1
(Cenário mostrando a frente de uma bonita casa, uma árvore, plantas e flores. O pai está sentado em uma cadeira, e vários filhos estão em volta dele, uns sentados no chão e outros em pé. Fazem gestos de que estão conversando entre si)

 

NARRADOR:
Era uma vez um Pai extremamente rico e bondoso, que  tinha uma quantidade enorme de  filhos e os amava muito. Ele era bom, mas também era justo. E queria que seus filhos demonstrassem que mereciam a vida maravilhosa e boa que desejava lhes dar. Então resolveu fazer um teste com eles, para ver se saberiam reconhecer e valorizar tudo que já possuíam, e as maravilhas que poderiam continuar ganhando.
Para isso mandou que todos fossem viajar. Uns fariam viagens longas, outros  mais curtas. Partiriam com as malas cheias de coisas boas e uteis e de muitos outros valores.

 

Música 1
(Neste momento as crianças pegam casacos, malas e pacotes e vão se despedir do pai. A mãe os ajuda nesta hora e todos se abraçam.)

 

NARRADOR:
E então o pai dá um aviso: Vocês já estão levando muita coisa, mas sei que precisarão mais, no decorrer da vida de  cada um. E eu mandarei ajuda sempre que me pedirem, confiem em mim.
Só que às vezes essa ajuda irá disfarçada e vocês podem até pensar que não mandei nada. Mas acreditem que sempre quero e irei ajuda-los com aquilo que for melhor para vocês!
PAI:
Entrem sempre em contato comigo. Deem notícias! Existem muitas maneiras de vocês fazerem isto: Telefone, telegrama, carta, internet ou por intermédio de amigos.
MÃE:
Filhos, para conseguirem comunicação mais rápida e segura conosco, quando precisarem, vocês  podem usar este meio, que é muito poderoso…
Música 2
 A mãe entrega uma caixinha para cada um, com um gesto carinhoso .Os filhos saem do palco, e o pai e a mãe entram na casa.  A cortina do palco é fechada)

 

NARRADOR:
Os filhos viajam cada um para um lugar diferente, onde vivem suas vidas, Alguns se lembram das palavras e conselhos do Pai, outros esquecem totalmente. Alguns poucos se comunicam com o Pai, pedem alguma ajuda, recebem pacotes dele através de outras pessoas. Muitos se perdem na vida porque nem se dão ao trabalho de telefonar, ou escrever ao Pai, pedindo conselhos e ajuda. Chegam a esquecer o quanto o Pai é bom e o quanto está sempre disposto a ajuda-los..
Música 2
(Os filhos passam pelo palco na frente da cortina, realizando ações que representam vidas vazias, como compras excessivas, bebedeiras, festas com atitudes violentas, e outros demonstrando atitudes de bondade, ajudando alguém que caiu, dando comida ou roupas aos pobres, ajudando velhinhos) (Os atores devem passar pelo palco em grupos de dois ou três, representando estas atitudes)

 

NARRADOR:
Então a MÃE pede para o PAI licença para mandar recado aos seus filhos, implorando para que não se esqueçam de usar aquela correntinha que ela lhes deu na hora em que partiram: o Rosário, para conseguirem mais rápido  ligação direta com ela e com o Pai. Ele deixa, e ela permanece por muito tempo mandando suas mensagens aos filhos distantes.
Música 3
(Abre-se a cortina e é projetada no fundo do palco, acima da casa do pai, uma série de imagens de Nossa Senhora mostrando o Rosário para os tres   pastorinhos de Fátima,  depois, para  Santa Bernardete  em Lourdes e finalmente  para os videntes  de Medjugore.

 

NARRADOR:
O resultado dessas mensagens é bom, muitos filhos passam a rezar o Rosário pedindo ajuda para eles próprios e também para os irmãos. A mãe pede ao Pai para  atende-los,  Uns procuram ajudar os outros a sair de suas dificuldades . O Pai fica feliz em atender aos seus pedidos. Quase todos voltam para casa, felizes e são recebidos com muito amor e alegria, pelo Pai.
Música alegre 4
(Os filhos voltam , quase todos)

 

NARRADOR:
E aqui vem a explicação:
Este Pai terreno está sendo comparado, nesta história, com o Pai do Céu!
Esta viagem dos filhos representa a  nossa passagem aqui na Terra, onde muitos vivem sem se dar conta de que poderiam ter toda a ajuda de Deus, se pedissem pela oração.
Existem muitas formas de oração.
A mais forte é a MISSA, e depois o ROSÁRIO, que é como uma corrente de amor que liga o Céu e a Terra.
Através destas orações podemos nos salvar eternamente e ajudar muitas outras pessoas a se salvarem também.
O Rosário não deve ser só um enfeite na parede ou na beira da cama.Vamos usa-lo para melhorar e  salvar o MUNDO.Para fazer com que as pessoas se tornem boas, se amem e se ajudem umas às outras, e tenham PAZ.
Devemos pedir com confiança, pois Deus nos ajuda com aquilo de que realmente precisamos.
E nem sempre é aquilo que nós pensamos que será o melhor para nós !
Estas são promessas de Jesus e de Nossa Senhora!
Música alegre 4

 

2 -Cenário:
A frente de uma casa, com uma porta que possa ser aberta
Uma árvore com um tronco grosso e bonitos ramos
Diversas plantas menores
Flores
Uma cadeira na frente da casa

 

3 -Personagens:
Pai
Mãe

 

Filha 1 Compras excessivas
Filha 2        “            “

 

Filho 3 Bebedeiras e socos
Filho 4       “                “
Filho 5       “                 “

 

Filho 6  Ajuda a alguém que caiu
Filha 7       “           “         “     “

 

Filho 8 Ajuda ao mendigo
Filho 9     “          “

 

Filho 10 Ajuda a uma velhinha

 

Alguém que levou um tombo

Velhinha

Mendigo

 

4- Objetos de cena:
Casacos para a viagem
Malas, pacotes
10 Caixinhas com rosário dentro, no mesmo número que os filhos
5 Sacolas de compras de shopping cheias de pacotes
3 Garrafas de bebidas ( de plástico)
Frutas de plástico, ou pães para serem dados aos pobres
Bengala ou muleta para a velhinha
Xale para dar para a velhinha, ou cobertor dobrado ao  meio
Sacola de pano velho para o mendigo
Atadura para curativo na pessoa que caiu

 

5- Efeitos especiais:
-Projeção de figuras na parede, simbolizando as aparições de Nossa Senhora, em que ela pede que rezemos o Rosário, para a conversão dos pecadores e salvação do mundo.
-Luzes coloridas piscantes, enquanto o Narrador faz as duas últimas falas, simbolizando as graças recebidas pelos filhos, e a alegria do Pai ao recebe-los.

 

6 -Roteiro p/ contra regras do som:
Música 1: Música séria
Música 2: Música de suspense
Música 3: “A treze de maio, na cova da Iria…”(enquanto são projetadas as figuras das aparições)
Música 4: Música alegre (quando os filhos voltam para casa e no final da apresentação)

 

7 – Figurino:
As roupas podem ser atuais, mas cuidando para que as do pai e da mãe sejam bem discretas.
Na hora em que os filhos voltam para casa, seria bom o Pai e a Mãe estarem com uma túnica longa para ajudar a dar a ideia de que o Pai representa Deus, e a Mãe representa Nossa Senhora.
Velhinha – vestido comprido, cabelo branco, penteado com um coque
Mendigo- Traje esfarrapado
Filha 1 e Filha 2  – colares e pulseiras bem vistosos, echarpes, bolsas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *