Uma História Cheia de Amor

(A vida de Nossa Senhora)
Este texto foi adaptado para representação em palco, porém a versão original, e retratada nas fotos, foi realizada no pátio do anexo do CEMJ.

 

1 – Roteiro e falas
2 – Cenário
3 – Personagens
4 – Objetos de cena
5 – Efeitos especiais
6 – Roteiro p/ contra regras do som
7 – Figurinos

 

1 – Roteiro e falas
MÚSICA 1 (alegre)

 

Cenário 1
(Maria Menina, Santa Ana e São Joaquim atravessam lentamente o palco, vindos do   lado direito(ou entram caminhando pelo meio da plateia e depois atravessam o palco), onde já está o cenário 1  (o interior da casa de Maria à esquerda e a frente do templo à direita))

 

NARRADOR:
Maria, aquela menininha que foi escolhida por Deus para ser a Mãe do Salvador, desde o começo foi muito especial. Deus a fez nascer sem pecado original, toda pura e toda bela. (neste momento os personagens começam a andar).  E, durante toda a sua vida, nunca cometeu pecado. Seus pais chamavam-se Ana e Joaquim.
(Os três personagens andam com as mãos dadas e após atravessarem o caminho pelo meio da plateia e através do palco, então desaparecem de cena.)
NARRADOR:
Maria cresceu tranquila, obediente e feliz, sendo sempre uma boa filha. Nunca se esquecia de rezar. Sua vida toda era uma verdadeira oração, pois oferecia sempre tudo a Deus, desde o trabalho mais humilde, que fazia com perfeição, até suas alegrias e tristezas.
(MÚSICA 1) (alegre)
((Continua cenário 1) Entra em cena Maria adolescente, trazendo flores nas mãos, que coloca em um vaso que está em cima da mesa. Depois, segue varrendo a casa)
NARRADOR:
O tempo passou, e Maria cresceu. Site maio 2015 015Como era costume naquele tempo, muitas mocinhas já ficavam noivas bem cedo e então os pais de Maria pediram a ajuda do sacerdote que cuidava do templo, para conseguir um bom noivo para ela. (Ana e Joaquim chegam, falam com Maria e a levam ao templo. O sacerdote aparece, saindo pela porta do  templo)
NARRADOR:
Se antes Maria já vivia com seus pensamentos continuamente ligados a Deus, no templo ela se sentiu pertinho do céu. E começou a pensar que gostaria muito de dedicar a sua vida totalmente a Deus.
(Eles falam com o sacerdote. O sacerdote ergue as mãos para o céu, reza e os convida a entrarem no templo. (Todos saem de cena)
NARRADOR:
Mas Deus tinha planos diferentes para Maria. Ele inspirou ao sacerdote que deveria chamar três homens bons e religiosos ao templo, e então Deus daria o sinal de quem deveria ser o noivo de Maria. Todos deveriam se apresentar com um cajado nas mãos.
(O sacerdote sai do templo pela porta e então chegam pelas laterais do palco três homens, cada um trazendo consigo um  cajado, como foi pedido)
NARRADOR:
O sacerdote levanta os braços ao céu e pede que eles rezem silenciosamente enquanto, sem que eles saibam, fica aguardando que Deus lhe mostre qual será o escolhido. Surpreso, vê que brota uma flor no cajado de José, que é um pouco mais velho, e muito humilde, exatamente aquele que parecia ser o menos indicado para ser o noivo desejado por Deus, para aquela moça tão especial.
(Até José se espanta com aquele brotar de uma flor, tão inesperado. Os outros vão embora, e Maria é chamada para conversar com o noivo. Um menininho vai chama-la em sua casa e ela e seus pais saem para falar com José e o sacerdote, na frente do templo.)
NARRADOR:
Maria é muito humilde e obediente. O sacerdote lhe explica que Deus quer que ela se case com José e ela obedece, aceitando-o como noivo. Mas como ela é muito leal e honesta, revela para ele que preferiria se dedicar totalmente a Deus. José a compreende e aceita casar-se com ela mesmo assim. Marcam o casamento para dali a algum tempo e ficam se preparando para a cerimônia.
(Maria e os pais vão para casa e os pais saem de cena. A mãe volta trazendo peças de roupa do enxoval, depois sai de novo. Maria fica arrumando a casa, e guardando o que a mãe lhe deu em uma arca. Depois, vai para um canto rezar, ajoelhada no genuflexório.)
NARRADOR:
Maria, quando está rezando, consegue ficar completamente concentrada. Não percebe logo quando o Arcanjo Gabriel chega perto dela, trazendo uma mensagem de Deus.
MÚSICA 2  (Ave Maria)
(Maria se assusta, e o Arcanjo fala com ela. Toca um trecho da Ave Maria.)
NARRADOR:
O arcanjo explica que Deus quer que ela seja a mãe de seu Filho, e que Ele será o Salvador de toda a humanidade. Mas que tudo depende de ela dizer sim. E ela responde:
MARIA:
Seja feita a vontade do meu Deus. Eu sou a escrava do Senhor!
ARCANJO:
Tu o chamarás de Jesus!
MÚSICA 2  (Ave Maria)
(O Arcanjo Gabriel se retira, ao som da Ave Maria.)
NARRADOR:
Neste instante Jesus começa a se formar, dentro do ventre de Maria!
(Maria continua ajoelhada, rezando.)
MÚSICA 1 (alegre)
NARRADOR:
Maria continuou humildemente a sua vida, sem contar a ninguém o que tinha acontecido.
(Ela continua a rezar mais um pouco, e depois vai buscar água e lenha para dentro de sua casa. Depois vai bordar, sentada numa cadeira em um canto, até que o narrador termine sua fala)
NARRADOR:
Um dia José percebe que sua noiva está grávida, e fica triste pensando que ela teria deixado de cumprir a promessa que tinha feito a Deus e a ele. E, então, resolve ir embora, para não acusa-la de traição. Mas Deus mandou um anjo lhe falar, em sonhos e lhe explicar tudo, dizendo que Deus queria que José ajudasse Maria nesta missão. José também é muito obediente a Deus, e fica feliz de poder ajuda-Lo no seu plano de salvação. E então casa-se com Maria.
MÚSICA 1 (alegre)
Continua cenário 1
(José e o sacerdote vão até a frente do templo, onde será realizado o casamento. Maria chega, saindo de sua casa com seus pais.com seu traje especial O sacerdote os abençoa e eles dois vão para a casa. Lá no cenário só se acrescenta uma oficina de  carpinteiro, fica a mesma casa. Um banco e ferramentas são o suficiente para dar a ideia da oficina, José vai buscar e carrega estas peças pessoalmente, e as arruma na esquerda do interior da casa.)
NARRADOR:
Maria está preocupada com sua prima Isabel, porque o anjo lhe contou que ela também está grávida, apesar da idade avançada. E resolve ir até lá onde ela mora para ajuda-la no que fosse preciso, apesar de Isabel morar bem longe da casa dela.
(Maria despede-se de José que fica trabalhando na sua oficina de carpinteiro, e depois sai de cena, com uma trouxinha)
NARRADOR:
Na volta, depois de algum tempo, Maria fica sabendo, por seu marido José, que precisará viajar com ele até Belém, devido a um recenseamento obrigatório para todo o povo.
MÚSICA 1 (alegre)
(Maria volta, já com uma barriguinha maior. José conversa com ela, e então Maria apronta duas trouxas e seguem viagem. Fecha-se o palco, para mudança de cenário.)
NARRADOR:
Nestas horas difíceis tudo fica mais complicado para quem é pobre. Por isso, ao chegar em Belém, os dois  não conseguiram hospedagem e tiveram que se abrigar em uma gruta que servia para guardar animais. E foi neste cenário tão humilde que nasceu quem merecia todas as honras.

 

Cenário 2

(Fachada de três casas à esquerda do palco e uma gruta à direita ).Site maio 2015 012 Maria e José passam pelas casas pedindo abrigo, mas todos negam. Então eles procuram, acham e se acomodam numa gruta. José cobre Maria com um cobertor, que retira de sua trouxa para aquece-los, monta uma pequena fogueira num canto da gruta e sai para buscar palhas para a manjedoura.)

NARRADOR:
A noite estava muito fria e José vai buscar palha para fazer o bercinho de Jesus ficar mais fofo e quentinho, pois sabia que logo Ele iria nascer.
MÚSICA 3 (Noite Feliz)
(José fica procurando palha próximo à gruta. Após uns momentos ouve-se um choro de recém-nascido. José escuta e se aproxima, com  as palhas na mão, Começa a. tocar Noite Feliz  e José encontra Maria enrolando faixas no menino. Então eles colocam na manjedoura um bebê de plástico que estava escondido nas roupas de Maria, e os dois se posicionam na cena tradicional do presépio. Ficam parados assim até acabar a música noite Feliz. Depois Maria fica arrumando a roupa do Menino Jesus e José vai verificar a fogueira. Então José e Maria ficam parados em uma posição diferente daquela clássica do presépio, simbolizando a passagem do tempo, até o narrador acabar de falar. Em seguida vai ocorrer a fuga para o Egito.)
MÚSICA 3 (Noite Feliz)
NARRADOR:
Após a visita dos pastores e dos Reis Magos, o Menino Jesus foi apresentado no templo, como era costume. Depois, Ele, sua mãe e José tiveram que fugir para o Egito, para escapar da perseguição do Rei Herodes que desejava mata-lo, pois tinha receio de perder seu trono por causa dele.
MÚSICA 4 (suspense)
(Música de suspense, enquanto eles embrulham bem o menino no cobertor, se agasalham, também, e fogem assustados para fora do palco. Fecham-se as cortinas, para troca de cenário)
NARRADOR:
Alguns anos depois, quando souberam que Herodes já havia morrido, a Sagrada Família volta para Nazaré, onde Jesus cresce obediente a seus pais, ajudando-os em tudo.

 

Cenário 3
(Abrem-se as cortinas: – Os três já chegaram em sua casa, e José trabalha com o serrote em sua oficina, Maria costura uma roupa, e Jesus Menino busca água e lenha. Depois Jesus sai de cena, enquanto Maria e José continuam trabalhando em outras coisas. (Um leito simples está no canto à direita, onde ocorrerá mais tarde a morte de São José.))
MUSICA 1 (alegre)
NARRADOR:
O tempo foi passando, Jesus cresceu, se tornou adulto e continuou ajudando seus pais em tudo que era  necessário. Jesus já adulto traz água para dentro de casa, e ajuda São José na oficina. São José se sente cansado e fica sentado no leito vendo Jesus trabalhar. Depois, deita-se. Maria fica sentada ao lado dele. Jesus sai para buscar lenha, e quando volta vai ver o que São José está precisando.
(Jesus e Maria ficam meio abraçados com José que neste momento morre santamente entre os dois)
NARRADOR:
Então aconteceu que José, que era bem mais velho que Maria, chegou ao fim de sua vida. E da melhor maneira que um ser humano pode desejar: nos braços de Jesus e de Maria. Por isso ele é considerado o Padroeiro da Boa Morte.
MÚSICA 5 (triste)

 

Cenário 4 (arruma-se e fica escondido)
(Fecham-se as cortinas, para troca de cenário. Sai a casa de Maria, e coloca-se um tablado com uma pequena rampa, atrás da qual está colocada uma armação com uma cortina de cor azul, cheia de estrelas . A cortina principal do palco permanece fechada, escondendo o cenário 4 porque as  próximas cenas vão acontecer do lado de fora.)
NARRADOR:
Depois que Jesus completou trinta anos, chegou a hora de Ele começar a sua vida pública. E escolheu os seus amigos entre o povo.
(Jesus entra pelo meio da plateia, e convida Simão, André e Filipe, atores que estão sentados no meio dos que estão assistindo a dramatização. Sentam-se a um canto do palco na parte da frente da cortina e Jesus prega para eles.)
JESUS:
Simão Pedro!  André !  Filipe ! Sigam-me…
NARRADOR:
Jesus começou a pregar sua doutrina de amor, justiça e perdão. Começou a fazer milagres e aos poucos foi crescendo o número de seus seguidores. Maria muitas e muitas  vezes estava com Ele.
(Maria e outras pessoas (povo) vão se juntar a eles, sentando para escutá-lo por um certo tempo. Depois Maria sai de cena, com outras mulheres e vão para trás do palco.)
NARRADOR:
Depois de três anos de pregação, Jesus havia conseguido conquistar bastantes amigos, porém muitos não entenderam o que Ele queria dizer. E se tornaram seus inimigos e acabaram mandando prende-lo. Então começou sua Paixão que o levou à morte.
MÚSICA 6 (dramática)
SONS  GRAVADOS 1
(Três soldados chegam perto de Jesus e o prendem, levando-o para trás da cortina.. Os amigos de Jesus, quando Ele é preso, fogem todos. Ouvem-se gritos, frases gritadas como “crucifica-o”, sons de açoite, sons de batidas de martelo, e sons de trovoada, e a frase “Pai, em tuas mãos entrego meu espírito” Quando tudo acaba, Maria vem caminhando bem devagar (da direita para a esquerda) curvada ,com expressão sofrida, com a mão no peito, em sinal de dor, passando pela frente da cortina., depois ela volta, e vem caminhando (da esquerda para a direita) encolhida pela dor, até chegar ao outro lado do palco ( pela frente da cortina) onde fica de costas, rezando (do lado direito do palco) Lá fica em posição de oração, imóvel.)
NARRADOR:
Jesus sofreu, morreu, foi sepultado, e ao terceiro dia ressuscitou, conforme havia prometido. E, sem dúvida, a primeira pessoa a quem apareceu, depois de ressuscitar, foi a Maria, sua mãe, a quem sempre tanto amou!
MÚSICA 7 (aleluia)
(Jesus aparece, saindo do lado esquerdo, e solenemente vai ao encontro de sua mãe, que está no outro lado do palco. Ela pressente que Ele está vindo, se vira e se abraçam, saindo depois saindo alegres).
JESUS:
Mãe!
MARIA:
Jesus!
(Alguns discípulos entram em cena, ainda pela frente da cortina)
NARRADOR:
Depois Jesus aparece também para alguns amigos, e promete que lhes vai enviar o Espírito Santo, para que tenham força e coragem de fazer crescer a sua Igreja, que estava só começando.
Alguns amigos chegam bem perto, felizes e conversam com Ele. Tomé olha nas mãos dele para ver se tem as marcas dos pregos. Depois de quarenta dias que passou aqui na terra, explicando muitas coisas aos seus amigos, Jesus volta para o céu.

 

Cenário 4
(Jesus se afasta, com somente três deles e sua mãe, e vai  na direção do meio da  cortina principal (que então se abre completamente para o cenário 4) e caminha até a  metade do palco. Então Jesus (com os braços para o alto) se volta e vai andando de costas, subindo no tablado através de uma pequena rampa, até desaparecer atrás de uma cortina azul cheia de estrelas, que representa o céu (e que é aberta pela parte de dentro, por dois arcanjos e depois novamente fechada). Os apóstolos ficam olhando. (Os outros apóstolos  devem estar colocados no palco de tal forma que a cortina principal possa se fechar atrás deles, isto porque as próximas cenas se passarão na frente dela). A cortina principal se fecha. Maria e os três apóstolos que viram de perto Jesus subir aos céus entram novamente em cena, pelo lado do palco, se reunindo aos outros apóstolos que estão na frente da cortina principal.)
NARRADOR:
Depois que Jesus subiu aos céus, Maria reúne os seus amigos para rezarem e então ouve-se um ruído de forte vento, e desceu sobre eles o Divino Espírito Santo, através da forma de  línguas de fogo.
(Descem as línguas de fogo por meio de finos fios de nylon que estavam presos mais acima da linha de visão da plateia, e que são abaixados neste momento)
MÚSICA 8 (intensa)
(Descem línguas de fogo ( feitas em papel vermelho) sobre os discípulos, representando o Espírito Santo. Cada um deles pega um destes sinais e  todos os recolhem no peito, se sentindo fortalecidos. Mudam de postura, estavam curvados, ficam bem firmes e animados.)
NARRADOR:
Eles se sentiram de repente tão fortes, que saíram, sem medo, a pregar.
(Alguns apóstolos saem em três direções. (direita, esquerda, e pelo meio da plateia) Os outros ficam rezando com Maria e depois, saem todos para trás da cortina.)
NARRADOR:
Jesus deixou sua mãe aqui na Terra ainda algum tempo, para que ela ajudasse a organizar a sua Igreja, no começo de tudo. Os apóstolos saíram pelo mundo a ensinar a doutrina de Jesus e Maria ficou com João, alguns apóstolos e os primeiros fiéis. Quando Jesus achou que a missão dela aqui no mundo já estava terminada, fez com que ela adormecesse um sono parecido com a morte, e mandou que os arcanjos a viessem buscar para leva-la ao céu.

 

MÚSICA 5 (triste)
Cenário 5
(Abre-se a cortina e aparece a cena dos discípulos cobrindo de flores o leito de Maria. No fundo do palco continua colocado o mesmo tablado (com uma pequena rampa) que serviu para a ascensão de Jesus, tendo atrás uma cortina azul representando o céu cheio de estrelas. Quatro arcanjos chegam ( pela abertura central desta cortina) dois de cada lado e a levam para trás desta cortina.( Colocam-na em pé, rígida, com o auxílio de uma tábua de madeira mais curta do que o corpo dela, onde se prenderam as flores dos apóstolos e onde ela estava já deitada, e solenemente vão levando-a de costas, ela vai ajudando dando pequenos passos para trás, subindo a pequena rampa de costas, até  desaparecer atrás da cortina cheia de estrelinhas que representa o céu))

 

Cenário 6
(Após a cena da Assunção de Maria ter desaparecido, dois  anjinhos entram pelas laterais do palco e abrem a cortina azul, representando que abrem o céu, para que apareça a cena em que Jesus já está com a coroa sobre a cabeça de sua mãe Maria para coroá-la Rainha do Céu e da Terra . Neste cenário basta colocar uma caixa ou plataforma onde Jesus possa subir para estar em melhor posição de fazer a cena da coroação)
MÚSICA 9 (triunfante)
(Dois arcanjos já devem estar lá dentro, posicionados ao lado de Jesus, encarregados de colocar um manto azul em Maria. Dois anjinhos entram e colocam um grande globo terrestre aos pés de Maria e se posicionam sentados ao lado do mesmo  Quando acontece a coroação, outros quatro anjinhos jogam pétalas de rosas sobre Maria)
NARRADOR:
Quando Maria chegou aos céus, seu filho Jesus a coroou Rainha do Céu e da Terra.
NARRADOR:
Desta maneira, Jesus colocou Maria, sua mãe, como quem recebe todos os nossos pedidos daqui da Terra, e como quem distribui todas as graças que Ele nos quer mandar. Ela é nossa intercessora perante seu filho Jesus. Ele assim o quis.
Mandemos , então a ela, os pedidos de vocês que estão nos assistindo. Os anjinhos irão aí buscar. E  aquelas pessoas que querem ajudar  neste plano de Jesus para salvar os pecadores e trazer muita Paz ao mundo, também estão representadas por estas crianças que vão entregar a eles os pedidos de graças e as faixas.
(Quatro crianças que estavam na plateia levam faixas em que estão escritas as palavras “Paz e Amor” e “Rezemos o Santo Rosário” e se posicionam aos pés de Maria.)
(Quatro anjinhos vão buscar os pedidos, que devem estar em caixinhas e colocam-nos aos pés de Nossa Senhora. Então trazem de volta uma porção de graças (em forma de papel laminado picado) que jogam em cima do Globo Terrestre.)

 

FIM

 

2 – Cenários
Cenário 1
No canto esquerdo do palco, arma-se o interior da casa de Maria, com uma cadeira, uma mesa simples e um genuflexório. Do lado direito, aparece a  fachada da frente do templo, com uma porta por onde possam passar os personagens.

 

Cenário 2
Ao lado esquerdo, fachadas de três casas, com janelas e portas abertas, por onde os donos aparecem negando a entrada do casal. No meio do palco, uma estrutura em forma de gruta, com folhagens ao lado escondendo-a das casas. Dentro da gruta, silhuetas de uma vaquinha e de um burro, e uma manjedoura rústica.

 

Cenário 3
Casa da Sagrada Família, onde à esquerda fica a oficina de  São José. À direita, uma cadeira , uma mesa simples e um leito, onde acontecerá a morte de São José.

 

Cenário 4
Sai a casa de Maria, e coloca-se um tablado com uma pequena rampa, atrás da qual está colocada uma cortina com a cor azul, cheia de estrelas, dividida ao meio, por onde Jesus passará, em sua ascensão . A cortina principal do palco permanece fechada, escondendo o cenário 4 porque as  próximas cenas acontecem do lado de fora. No momento da cena da ascensão de Jesus  a cortina principal se abre e ele entra caminhando até metade do palco e depois se vira e caminha de costas  com os braços levantados ao Céu, até entrar pela cortina azul  que representa o Céu .Esta cortina é aberta para ele pelo lado de dentro, por dois Arcanjos, que depois a fecham novamente. Fecha a cortina principal novamente, pois a cena da morte e assunção de Maria precisa ser arrumada.

 

Cenário 5
Permanece o cenário 4, só acrescido de uma tábua que servirá para ajudar os arcanjos a levar o corpo de Maria para o céu. Esta tábua deve ter quatro ganchos para prender as flores que os apóstolos vão trazer para colocar ao lado do corpo de Maria. Antes de abrir-se a cortina principal, Maria já se posiciona sobre esta tábua, que deve estar com uma parte inclinada (encostada no tablado) para o público ver melhor o que acontece. Depois de aberta a cortina principal, os apóstolos vão chegando e colocando as flores (que estarão amarradas entre si) ao lado do corpo de Maria, prendendo-as para não caírem quando os arcanjos a vierem buscar. Após entrarem com ela no Céu, Maria rapidamente se levanta e se posiciona em frente a Jesus que já estará lá com a coroa nas mãos. Os arcanjos escondem a madeira com as flores atrás do tablado, e pegam o manto de Maria em suas mãos. Ao abrir-se a cortina azul pelos anjinhos, os arcanjos colocam o manto em Maria e se afastam para os lados, e então Jesus a coroa Rainha do Céu e da Terra.

 

Cenário 6
Permanece o cenário 4, só acrescido de uma caixa ou plataforma em que Jesus subirá para ficar em melhor posição para coroar Maria .O manto,  a coroa e o globo representando a Terra devem estar em lugar próximo e fácil de pegar. As pétalas de rosa e os papeis prateados picados devem estar em saquinhos, já nas mãos dos anjinhos que os vão espalhar no devido momento
As caixinhas com os pedidos de graças devem estar prontas com alguém na plateia  para os 4 anjinhos irem buscar no momento certo
As faixas já devem estar prontas nas mãos das 4 crianças que as vão mostrar. Elas estarão na plateia, e virão para o palco logo depois dos anjinhos terem  pego as caixinhas com as graças pedidas.

 

3 – Personagens
Observação: Não é necessário ter tantos atores para as 46 personagens aqui abaixo marcadas, porque muitos deles podem fazer mais de um papel, como por exemplo:
Os dois pretendentes a noivo de Maria, bem como os três moradores de Belém podem também mais adiante  ser o povo que segue a Jesus, sem nem precisarem trocar de figurino.
Maria Menina e o menino ajudante do templo podem ser  dois dos oito anjinhos,  só precisam trocar de roupa
Os três soldados e os dois pretendentes de Maria podem também ser arcanjos, trocando o figurino, claro.
O Sacerdote e São Joaquim podem também representar dois discípulos, trocando de figurino também
Assim, em vez de 48 atores, bastariam 34, ou talvez até menos
Muita atenção, porém, porque estes papeis duplos economizam no número de atores, mas exigem muita organização, para que todos achem facilmente seus trajes, e saibam exatamente a hora de entrar em cena. Eu costumava colocar as roupas de cada personagem penduradas numa cadeira, na qual eles deixavam sua própria roupa e sapatos debaixo dela, ao se vestirem. Na cadeira, o nome do personagem e da criança que  ia interpretá-lo. No caso de fazerem dois papeis, duas cadeiras serão necessárias, pois senão pode ocorrer confusão de figurinos, que, dependendo do caso, pode transformar um drama numa comédia, sem querer…

 

Personagens:
1 Narrador
2 São Joaquim   (depois discípulo)
3 Santa Ana
4 Sacerdote    (depois discípulo)
5 Maria Menina   (depois, anjinho)
6 Maria adulta
7 São José
8 Pretendente a noivo de Maria1  (depois, povo que segue Jesus ) (depois arcanjo)
9 Pretendente a noivo de Maria 2 (depois, povo que segue Jesus ) (depois arcanjo)
10 Arcanjo 1  Gabriel
11 Menino ajudante do templo  (depois, anjinho)
12 Morador de Belém 1 (nega hospedagem a Maria) (depois povo que segue Jesus)
13 Moradora de Belém 2 (nega hospedagem a Maria) (depois povo que segue Jesus)
14 Moradora de Belém 3(nega hospedagem a Maria) ) (depois povo que segue Jesus)
15 Jesus menino
16 Jesus adulto
17 Soldado 1   (depois, arcanjos)
18 Soldado 2   (depois, arcanjos)
19 Soldado 3   (depois, arcanjos)
20 Discípulo 1- Simão
21 Discípulo 2- André
22 Discípulo 3- Filipe
23 Discípulo 4- João
24 Discípulo 5- Tiago
25 Discípulo 6- Mateus
26Discípulo  7- Tomé
27 Povo 1
28 Povo 2
29 Povo 3
30 Povo 4
31 Povo 5
32 Arcanjo 2
33 Arcanjo 3
34 Arcanjo 4
35 Arcanjo 5
36 Arcanjo 6
37 Anjinho 1
38 Anjinho 2
39 Anjinho 3
40 Anjinho 4
41 Anjinho 5
42 Anjinho 6
43 Anjinho 7
44 Anjinho 8
45 Criança 1com faixa
46 Criança 2 com  faixa
47 Criança 3 com faixa
48 Criança 4 com faixa
4 – Objetos de cena
Para o cenário 1:
Objetos e móveis já  colocados  no cenário, para  as primeiras cenas:
– 1 Mesa simples
– 1 Cadeira
– 1 genuflexório ou 1 almofada onde Maria se ajoelha para rezar
– 1 toalha simples para a mesa
– 1 vaso simples ( vazio) em cima da mesa, de argila ou metal
– 1 vassoura feita de mato
– 1 toalha pequena com agulha e linha, para Maria bordar
– 1 arca para Maria guardar o enxoval
Objetos necessários em outras cenas, que se realizarão neste mesmo cenário, mas que são trazidos pelos  próprios  personagens:
– Algumas roupas para Maria  dobrar e colocar na arca do enxoval após ficar noiva
– Flores amarradas em um pequeno bouquet  que Maria vai trazer nas mãos para a cena em que vai arrumar o vaso
– 3 cajados, para os pretendentes de Maria trazerem em suas mãos, quando chamados ao templo. Um destes cajados deve ter um dispositivo para prender uma flor de plástico que vai “brotar” do cajado de José. Na verdade ela vai estar dentro da manga de José que deve  faze-la ficar presa no cajado no momento certo, sem que seja percebido pelo público
– 1 livro grosso, para o sacerdote fazer de conta que está lendo as orações no casamento de Maria e José
– 1 cântaro de barro  grande para Maria buscar água
– 1 molho de lenha para Maria trazer para casa
Objetos a serem trazido por José depois do casamento, para a casa  de  Maria:
1 banco de madeira para dar ideia de  que naquele canto é a oficina de José
– 1 serrote
– 1 martelo
– Panos para polir o trabalho dele
– 3 pedaços de madeira para serem trabalhadas por José
Objetos para as viagens que vão acontecer:
– 1 trouxinha para Maria ir visitar sua prima Isabel
– 2 trouxas para José e Maria viajarem para Belém
– 1 cobertor dentro da trouxa de José
– Faixas dentro da trouxa de Maria, para  envolver no bebê e agasalha-lo.

 

Objetos para o cenário 2:
– O cobertor que José tira de dentro da trouxa que carregava
– 1 manjedoura que está num canto da gruta, sem nada dentro
– Monte de palhas num canto do palco, onde José vai procura-las
– 1 bebê sem roupa, de plástico em tamanho normal
– Faixas para Maria tirar de dentro da sua trouxa e enrolar no Menino Jesus
– 1 fogueirinha artificial que acenda com pilhas, para José fazer de conta que está montando em um canto da gruta para aquece- , antes de sair para procurar palha.

 

 Objetos e móveis para o Cenário 3:
Volta só uma parte do cenário 1, que é a casa de José e Maria, com a oficina de carpinteiro à esquerda.
– 1 mesa
– 1 cadeira
– 1 toalha para a mesa
– 1 roupa com agulha e linha para ser consertada
– 1 leito colocado no lado direito
– Lençóis brancos  e cobertas para este leito
– 2 travesseiros com fronhas brancas
– 1 banco de madeira para a oficina
– 1 serrote
– 1 martelo
– Panos para polir a madeira
– 3 Pedaços de madeira para serem trabalhados
– 1 copo rústico em cima da mesa
– 1 cântaro pequeno para o Menino Jesus carregar água
– 1 molho pequeno de lenha para o Menino Jesus trazer para casa.

 

Objetos para cenas quando Jesus crescer:
– 1 cântaro grande para carregar água
– 1 molho grandão de lenha

 

Objetos para Cenário 4
– Uma pequena rampa encostada no tablado
– Algumas plantas ao lado do tablado

 

Objetos para Cenário 5:
– 1 tábua que servirá para ajudar os arcanjos a levar o corpo de Maria para o céu. Esta tábua deve ter quatro ganchos para prender as flores que os apóstolos vão trazer para colocar ao lado do corpo de Maria.
– Flores amarradas entre si, que deverão ser presas ( para não caírem) ao lado da tábua onde ficará o corpo de Maria quando for levada ao Céu.

 

Objetos para Cenário 6:
Permanece o cenário 4, só acrescido de uma caixa ou plataforma em que Jesus subirá para ficar em melhor posição para coroar Maria.
– 1 manto azul para Maria
– 1 coroa dourada para Maria, incrustrada com pedras preciosas
– 1 globo representando a Terra com bom tamanho, vai ser colocado aos pés de Maria
– pétalas de rosa (dentro de saquinhos) para os anjinhos jogarem em Maria na coroação
– papeis prateados picados (dentro de saquinhos) para os anjinhos jogarem no globo
– 4 caixinhas com os pedidos de graças com alguém na plateia(os anjos vão buscar)
– 4 faixas  com dizeres “PAZ” e “ AMOR” e “REZEMOS  O SANTO ROSÁRIO” e  VAMOS REZAR MAIS  nas mãos das 4 crianças que os vão entregar:

 

5 – Efeitos especiais
– Nas cenas que acontecem no cenário 1, destacam-se os efeitos necessários para que surja de repente uma flor no cajado de José, sinalizando que ele é o escolhido por Deus para ser o noivo de Maria. A flor deve estar dentro da manga comprida da roupa de José, e deve haver algum dispositivo na ponta do cajado, para que ele ali consiga prender esta flor sem que o público perceba . Pode ser uma fresta na madeira, um cano pequeno um gancho, ou arame. Deve ser bem testado e ensaiado.
– Outro efeito especial deve acontecer na hora em que surge o Arcanjo Gabriel, para a Anunciação de Maria. Uma luz forte deve incidir sobre esta cena.
– Também na hora do casamento de José e Maria deve haver uma iluminação especial, suave.

– Nas cenas que acontecem no cenário 2, a iluminação da gruta só deve aparecer depois que Maria e José baterem nas casas à esquerda, sem serem aceitos para se hospedarem ali. Vão procurar uma gruta, e então acende-se uma luz suave sobre ela sugerindo que a acharam.

– Quando José arma a pequena fogueira, ela deve se acender, com ajuda de pilhas e uma lâmpada vermelha .

– Quando José vai procurar palha para a manjedoura, ouve-se o choro de um bebê, e nesta hora José volta e vê Maria enrolando o Menino Jesus em faixas e a música Noite Feliz começa a tocar. Neste momento uma luz forte deve iluminar a cena deles ao colocarem o menino nas palhas da manjedoura.. A  cena clássica do presépio se compõe, e eles ficam assim até terminar a música.

– No cenário 3, somente é necessário um efeito especial de luz, quando José vai se sentar no leito, depois deitar e no final da cena, morrer nos braços de Jesus e Maria. A iluminação deve começar normal, depois fica mais forte em cima do leito, quando ele é abraçado pelos dois, para mostrar bem porque ele é considerado Padroeiro da Boa Morte.

– No momento em que é fechada a cortina após a morte de São José, muda-se para o cenário 4 ,mas as próximas cenas acontecem na frente da cortina, até que os soldados prendam Jesus, e a sua paixão e morte não irão aparecer, só serão contadas pelo narrador, e sugeridas pelas gravações. Maria vai surgir pela frente da cortina, e se posicionar ao lado direito, imóvel, e de costas, bem triste.

– Neste momento é que vai aparecer Jesus ressuscitado, ao som de Aleluia, caminhando ao encontro de sua mãe, que o pressente e se vira. Eles correm um ao encontro do outro, chamando – Mãe! – Jesus! Neste momento em que Ele aparece e se encontra com Maria, uma luz bem forte deve iluminar a cena até  terminar de tocar a música.

– Outras cenas acontecem ainda em frente da cortina.

 

Cenário 4 já aberto A cortina só vai se abrir quando o narrador falar que Jesus vai subir aos Céus. Alguns discípulos e sua mãe vão assistir mais de perto. Os outros ficam olhando de longe  (de tal maneira que depois da ascensão, as cortinas possam se fechar de modo que eles ainda continuem a aparecer na frente delas.)
Vai acontecer então a Ascensão de Jesus, e a iluminação deve ser forte para destacar a caminhada de costas de Jesus sobre a rampa, e os Arcanjos abrindo a cortina azul com estrelinhas que simboliza o Céu. Após fechar-se a cortina do Céu, fecha-se também a cortina principal.

 

Diversas cenas seguintes  acontecem na frente da cortina, inclusive a descida do Divino Espírito Santo, cena esta que  requer um importante efeito especial, e ao som de um vento bem forte.

 

Na parte da frente da cortina, acima da linha visível à plateia, coloca-se um dispositivo  onde se penduram com finos fios de nylon as “línguas de fogo” que irão descer sobre os discípulos de Jesus (que assim se transformarão em apóstolos pois  receberão força e coragem para pregar o Evangelho) Os atores devem se posicionar exatamente no local ensaiado, para que os fios desçam  na direção certa de suas cabeças. Eles então pegarão com a mão estas “línguas de fogo” e as apertarão de encontro ao peito, mudando então suas posturas curvadas para uma postura cheia de ânimo e confiança. O dispositivo que desceu trazendo estas peças (depois de todos terem  pego a sua) ergue-se novamente, desaparecendo. 3 apóstolos saem para pregar, em diferentes direções e os outros ficam com Maria.

 

Para a cena que acontece no Cenário 5 Maria toma posição deitada na tábua  que representa seu leito de morte, antes que se abram as cortinas. Depois de abertas,  vão chegando os apóstolos com flores que colocam ao lado do corpo de Maria, prendendo-as em ganchinhos para que não caiam quando os Arcanjos vierem carrega-la para o Céu.
Eles rezam e se mostram tristes, e então os Arcanjos chegam, atravessando de dentro para fora a cortina azul do céu, e colocam de pé a tábua onde Maria está deitada . Uma luz mais forte surge nesta hora, até que ela entre no céu, ajudada pelos arcanjos A cortina azul continua fechada.

 

Para a cena do cenário 6  No momento em que Maria entra nos céus,  se posiciona na frente de Jesus que já está lá a esperando para coroa-la Rainha do Céu e da Terra. Enquanto isto, os apóstolos ficam rezando, comovidos com o que aconteceu, e dão tempo para Maria se posicionar. A tábua é escondida atrás do tablado, e os Arcanjos se posicionam para colocar um grande  manto azul sobre os ombros de Maria.
Então chegou a hora dos anjinhos abrirem totalmente a cortina azul para que se possa assistir a coroação de Maria.
Luzes fortes, música bem festiva.

 

Anjinhos jogam pétalas de rosa em Maria neste momento, e outros dois levam um grande globo terrestre e o colocam aos seus pés.

 

Anjinhos vão buscar as caixas de pedidos de graças e colocam-nas aos pés de Maria, e jogam  papeis prateados picados sobre o globo, simbolizando que Maria imediatamente atendeu aqueles pedidos.

 

Crianças se posicionam com cartazes na frente da cena.

 

6 – Roteiro p/ contra regras do som
As músicas a serem tocadas nas diversas cenas para pontua-las, ajudando a dar-lhes dramaticidade são muito importantes, e devem ser escolhidas de acordo com as sugestões em 1-Roteiro e falas.

Em alguns casos a trilha sonora é que vai dar sentido à cena, pois ajudam a entender o que está acontecendo, juntamente com as falas do Narrador.

Como os atores são crianças, ou adolescentes que não tem muito tempo para decorar falas e ensaiar as cenas, usou-se este recurso, pois o Narrador além de ser adulto, é provavelmente a mesma pessoa que ensaia a peça. Com isto, pode corrigir ou lembrar algum detalhe que o ator tenha esquecido na hora da apresentação.
As pessoas que ajudam nos bastidores também são muito importantes, para que tudo corra como ensaiado.
O Contra Regras do Som preferencialmente deve gravar os trechos das músicas na sequência correta para facilitar, e os efeitos especiais de sons em separado, para garantia de que sejam ativados na hora exata.
Ex:- O choro do bebê na hora do nascimento do menino Jesus
-Os sons da paixão de Cristo (chibatadas, vozes gritando “Crucifica-o!”, outros gritos, marteladas, a frase “Em tuas mãos entrego o meu espírito!”, trovões ,etc

 

7 – Figurinos
Personagens:
1 Narrador
2 São Joaquim   (depois discípulo)
3 Santa Ana
4 Sacerdote    (depois discípulo)
5 Maria Menina   (depois, anjinho)
6 Maria adulta
7 São José
8 Pretendente a noivo de Maria1  (depois, povo que segue Jesus ) (depois arcanjo)
9 Pretendente a noivo de Maria 2 (depois, povo que segue Jesus ) (depois arcanjo)
10 Arcanjo 1  Gabriel
11 Menino ajudante do templo  (depois, anjinho)
12 Morador de Belém 1 (nega hospedagem a Maria) (depois povo que segue Jesus)
13 Moradora de Belém 2 (nega hospedagem a Maria) (depois povo que segue Jesus)
14 Moradora de Belém 3(nega hospedagem a Maria) ) (depois povo que segue Jesus)
15 Jesus menino
16 Jesus adulto
17 Soldado 1   (depois, arcanjos)
18 Soldado 2   (depois, arcanjos)
19 Soldado 3   (depois, arcanjos)
20 Discípulo 1- Simão
21 Discípulo 2- André
22 Discípulo 3- Filipe
23 Discípulo 4- João
24 Discípulo 5- Tiago
25 Discípulo 6- Mateus
26Discípulo  7- Tomé
27 Povo 1
28 Povo 2
29 Povo 3
30 Povo 4
31 Povo 5
32 Arcanjo 2
33 Arcanjo 3
34 Arcanjo 4
35 Arcanjo 5
36 Arcanjo 6
37 Anjinho 1
38 Anjinho 2
39 Anjinho 3
40 Anjinho 4
41 Anjinho 5
42 Anjinho 6
43 Anjinho 7
44 Anjinho 8
45 Criança 1com faixa
46 Criança 2 com  faixa
47 Criança 3 com faixa
48 Criança 4 com faixa
Sugestões de figurino para os personagens:
1 Narrador-Roupa normal
2 São Joaquim- Túnica comprida, com cinto de cordão de seda e manto de cor escura contrastante colocado atravessado, por cima de um ombro só
3 Santa Ana- Túnica comprida, e véu colorido com uma faixa de cor diferente enrolada e amarrada na cabeça, para prender o véu
4 Sacerdote – Túnica diferenciada, comprida, cor cinza claro
5 Maria Menina- Túnica até abaixo dos joelhos, de cor branca, sem cinto. Cabelos compridos soltos
6 Maria adulta- Túnica branca comprida, com véu azul claro, e uma faixa enrolada de cor azul bem forte, ou estampada de azul e branco. Cabelos compridos soltos. O traje do casamento pode ser o mesmo, só trocando a faixa enrolada na cabeça por uma coroa de flores brancas
7 São José- Túnica comprida marrom, cinto de cordão de seda e manto beige colocado atravessado por cima de um ombro só
8 Pretendente a noivo de Maria1 – Traje semelhante ao de José, mas de outras cores
9 Pretendente a noivo de Maria 2 – Traje semelhante ao de José, mas de outras cores
10 Arcanjo Gabriel- Túnica branca comprida e asas
11 Menino ajudante do templo – Túnica curta pelos joelhos, de cor clara. Cordão escuro
12 Morador de Belém 1 (nega hospedagem a Maria) – Traje semelhante ao de José, em outras cores
13 Moradora de Belém 2 (nega hospedagem a Maria)- Traje semelhante  ao de Santa  Ana, em outras cores
14 Moradora de Belém 3(nega hospedagem a Maria) ) – Traje semelhante  ao de Santa Ana, em outras cores
15 Jesus menino- Túnica branca curta, pelos joelhos, com cinto de cor clara
16 Jesus adulto- Túnica longa branca, com cinto também branco, manto de cor vermelho escuro ou grená, colocado da mesma forma que os dos outros homens
17 Soldado 1- Túnica clara curta, pelos joelhos. Cinto escuro estilo militar romano manto vermelho claro curto amarrado no pescoço. Capacete de soldado romano, com penacho vermelho
18 Soldado 2 – Traje igual ao do soldado 1
19 Soldado 3- Traje igual aos dos soldados 1 e 2
20 Discípulo 1- Simão- Traje semelhante ao de São Joaquim, em outras cores
21 Discípulo 2- André – traje semelhante ao discípulo 1, em cores diferentes, pelo menos no manto
22 Discípulo 3- Filipe traje semelhante ao discípulo 1, em cores diferentes, pelo menos no manto
23 Discípulo 4- João traje semelhante ao discípulo 1, em cores diferentes, pelo menos no manto
24 Discípulo 5- Tiago traje semelhante ao discípulo 1, em cores diferentes, pelo menos no manto
25 Discípulo 6- Mateus traje semelhante ao discípulo 1, em cores diferentes, pelo menos no manto
26Discípulo  7- Tomé traje semelhante ao discípulo 1, em cores diferentes, pelo menos no manto
27 Povo 1- Traje semelhante ao de santa Ana, em cores diferentes
28 Povo 2- Traje semelhante ao Povo 1, em outras cores
29 Povo 3- Traje semelhante ao de São Joaquim, em cores diversas
30 Povo 4-Traje semelhante ao do Povo 3
31 Povo 5- Traje semelhante aos do Povo 3 e 4
32 Arcanjo 2- Traje semelhante ao do Arcanjo Gabriel
33 Arcanjo 3- igual ao Arcanjo 2
34 Arcanjo 4-  igual aos Arcanjos 2 e 3
35 Arcanjo 5- igual aos Arcanjos 2, 3 e 4
36 Arcanjo 6- igual aos arcanjos 2,3,4 e 5
37 Anjinho 1- Túnica comprida branca, com asas e coroa de flores miúdas na cabeça
38 Anjinho 2- igual ao 1- (abre as portas do céu para Maria, junto com o anjinho 1)
39 Anjinho 3-igual ao 1  (e tem nas mãos um saquinho de pétalas de rosa para jogar em Maria na hora da coroação, junto com o anjinho 4)
40 Anjinho 4- igual ao 1
41 Anjinho 5 igual ao 1 (vai buscar as caixas de pedidos de graças na plateia, e depois joga papeis prateados picados no globo terrestre, junto com o anjinho 6)
42 Anjinho 6 igual ao 1
43 Anjinho 7 igual ao 1-(segura o globo terrestre, junto com o anjinho8 e coloca-o aos pés de Maria)
44 Anjinho 8 igual ao 1
45 Criança 1 segurando uma faixa com os dizeres: PAZ
46 Criança 2 segurando uma faixa com os dizeres : AMOR
47 Criança 3 segurando uma faixa com os dizeres : VAMOS REZAR MAIS !
48 Criança 4 segurando uma faixa com os dizeres:“REZEMOS  O SANTO  ROSÁRIO”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *